Sexta, 21 de Janeiro de 2022
19°

Alguma nebulosidade

Brasília - DF

Geral Pará

Sespa ajuda a elaborar ações da Missão Gota no município de Chaves

A Missão atualiza a vacinação em crianças, adolescentes, adultos e idosos em áreas de difícil acesso na Amazônia

29/11/2021 às 20h10
Por: Da Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

Representante da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) participou, de 23 a 25 de novembro, na Base Aérea de Manaus (AM), da reunião preparatória para a Missão Gota, que tem o objetivo de atualizar o esquema vacinal de crianças, adolescentes, adultos e idosos em áreas de difícil acesso na Amazônia.

A Missão Gota é realizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério da Defesa, Comando da Aeronáutica, secretarias estaduais e municipais de Saúde. Em 2022 será desenvolvida no município de Chaves, no Arquipélago do Marajó, no período de 1º a 11 de junho.

A Sespa foi representada pelo técnico em Enfermagem da Coordenação Estadual de Imunizações, Leonardo Barbosa, que apresentou os resultados das missões realizadas no Pará nos últimos quatro anos. Também participaram representantes das secretarias estaduais de Saúde de outros estados da Amazônia.

Leonardo Barbosa informou que, em 2022, a Missão Gota visitará 16 localidades nas áreas rural e ribeirinha de Chaves. “A Missão Gota é importante para ampliar a cobertura vacinal da população nas áreas mais distantes da sede do município”, informou.

O técnico explicou que, para a escolha das localidades, a Sespa considera os seguintes critérios: o município aceitar a operação; a situação epidemiológica; ter áreas de difícil acesso com pouca oferta de vacina e ter local para pouso de helicóptero. “A situação geográfica e a dificuldade própria da região amazônica ainda são fatores limitantes para o acesso aos serviços de saúde das populações ribeirinhas, quilombolas e assentadas. Sendo assim, a Missão Gota destaca-se como uma grande oportunidade de promoção da saúde e proteção específica”, afirmou Leonardo Barbosa.

A facilidade de trafegar por helicóptero possibilita à equipe de vacinação chegar com as vacinas em condições adequadas às áreas cujo acesso por outros meios enfrenta diferentes adversidades, como rios não navegáveis durante a maior parte do ano, cachoeiras que impedem o acesso de barco, ilhas fluviais e localidades longínquas das sedes dos municípios.

Resultados– Leonardo Barbosa também apresentou os resultados das últimas Missões realizadas no Pará. De 2018 a 2021, a Missão Gota esteve nos municípios de Altamira e Oriximiná. Em 2018, em Altamira, foram visitadas oito localidades, tendo sido aplicadas 1.435 doses de todos os tipos de vacina, e em Oriximiná a equipe esteve em sete localidades, aplicando 1.665 doses de vacina.

Já em 2019, a Missão esteve em dez localidades de Altamira, com 1.133 doses de vacina aplicadas, e em 2020 em dez localidades de Oriximiná, onde foram aplicadas 1.147 doses de vacina. Em 2021, a Missão Gota percorreu oito localidades de Oriximiná e contabilizou 1.153 doses aplicadas.

Por Roberta Vilanova (SESPA)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias