Domingo, 01 de Agosto de 2021 03:27
61986532210
Geral Paraná

Pesquisadores paranaenses participam do 1º Congresso Internacional da Abraseda

Participação da Universidade Estadual de Londrina se dará com pesquisadores que integram o projeto Seda o Fio que Transforma. Projeto busca fomenta...

16/06/2021 09h10
28
Por: Adenildo Souza Fonte: Secom Paraná
© UEL
© UEL

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) vai participar do o1º Congresso Internacional da Abraseda, evento que acontece dia 22 de julho e é direcionado a produtores, pesquisadores e estudantes envolvidos em estudos sobre o desenvolvimento da cadeia da seda. O Brasil é o sexto maior exportador de fios de seda do mundo, com alta qualidade.

A participação da UEL se dará por meio de pesquisadores que integram o projeto Seda o Fio que Transforma, composto por professores de várias áreas e que busca fomentar uma rede econômica e produtiva, com o intuito de incentivar novos empreendedores para o desenvolvimento da cadeia da seda, de forma sustentável.

O projeto é financiado com recursos do Governo do Estado. No mês passado foram anunciados R$ 339 mil para a fase 2. O investimento apoiará bolsas de estudo e custeio (equipamentos, viagens e sequenciamento genético).

As inscrições para o Congresso já estão abertas. Ele será realizado junto com o 37º Encontro Estadual de Sericicultura do Paraná e a 4º Jornada Técnica de Sericicultura do Oeste Paulista. O encontro será realizado em formato híbrido, via plataforma virtual, transmitindo ao vivo e internacionalmente e também nos pontos de compartilhamento presencial, em municípios credenciados.

A expectativa é de que o congresso alcance cerca de 4 mil produtores e familiares. O objetivo é difundir boas práticas na sericicultura, além de promover a inclusão digital, possibilitando que os produtores tenham acesso à tecnologia de aprendizado a distância. Outro objetivo do evento é estimular a aplicação correta de produtos químicos para evitar a contaminação de áreas rurais.

De acordo com dados da Secretaria de Agricultura e do Abastecimento, o Estado conta com mais de 1,8 mil produtores de casulo de seda em 165 municípios, que ocupam 3.900 hectares de plantação de amoreiras (que são alimentos para os bichos). São 2.535 toneladas produzidas anualmente, o que representa 83% de toda a seda produzida no País.

PROGRAMAÇÃO A programação começa a partir das 8 da manhã, com a abertura oficial. Os painéis têm início a partir das 9 da manhã abordando temas como práticas culturais, compactação de solo e cultivo intercalado; agroecologia; técnicas de manejo; produção mecanizada e cultivo orgânico. Confira a programação completaAQUI.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasília - DF
Atualizado às 03h10 - Fonte: Climatempo
17°
Alguma nebulosidade

Mín. 11° Máx. 25°

17° Sensação
6 km/h Vento
72% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Terça (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias